Menu fechado

Durante e após as fortes chuvas que atingiram o município de São João de Meriti na tarde da última quinta-feira, 12/1, as equipes da Subsecretaria de Proteção e Defesa Civil e das Secretarias de Serviços Públicos, de Meio Ambiente e Sustentabilidade e de Trânsito estão trabalhando nas ruas para minimizar os transtornos causados.

A tempestade chegou à marca de 85mm de água acumulada em cerca de duas horas de duração, metade do volume esperando para um mês. Os bairros de Coelho da Rocha, Vila Rosali, Jardim Meriti e Agostinho Porto foram os locais mais afetados.

“Estão sendo dias de muito trabalho. Nossa missão é árdua, estamos nas ruas avaliando desde a remoção de uma árvore que caiu até a vistoria de residências que coloquem vidas em risco. Sou muito grato pelo apoio das demais secretarias. Estendo todo o reconhecimento ao meu corpo técnico que está sendo incansável”, destacou o subsecretário de Defesa Civil Evalder Perini.

Desde o início do verão diversas medidas de prevenção estão sendo tomadas, tais como o lançamento do Plano de Contingência, limpeza dos pluviômetros e das ruas e avenidas da cidade. Além do desassoreamento do braço do Rio Sarapuí, em parceria com o Governo do Estado. Os testes das sirenes são realizados mensalmente em todos os pontos em que elas estão localizadas. O objetivo das ações é reforçar a eficiência do atendimento prestado às comunidades nas questões relacionadas a possíveis desastres naturais, evitando prováveis prejuízos materiais e perdas humanas.

Quando os alertas sonoros são acionados é preciso sair de casa, buscar o ponto de apoio mais próximo ou um local seguro e aguardar o município retornar ao estágio de normalidade. Em caso de urgência e emergência, ligar imediatamente para o número: (21) 97416-6557 (Defesa Civil de São João de Meriti), que funciona 24h, todos os dias da semana.

EM DESTAQUE